domingo, 3 de dezembro de 2017

GERAÇÃO, TRANSMISSÃO E DISTRIBUIÇÃO DE ENERGIA ELÉTRICA: O QUE É?

O sistema Eletrobrás é um conjunto de várias empresas, a maioria estatais, que produzem, transmitem e distribuem energia elétrica em todo o Território Nacional. Todo o sistema é comandado pela Centrais Elétricas Brasileiras - S/A (Eletrobrás). Ela é uma sociedade de economia mista em que a União detém a maioria do capital social com direito a voto. Trata-se, portanto, de uma empresa controlada pelo Governo federal.

A Eletrobrás controla 13 subsidiárias que são responsáveis pela geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. São elas: • Eletrobras Furnas • Eletrobras Chesf • Eletrobras Eletronorte • Eletrobras Eletronuclear • Eletrobras Amazonas GT • Eletrobras Eletrosul • Eletrobras Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica - CGTEE • Eletrobras Eletropar • Eletrobras Distribuição Acre • Eletrobras Distribuição Amazonas • Eletrobras Distribuição Piauí • Eletrobras Distribuição Alagoas • Eletrobras Distribuição Rondônia • Eletrobras Distribuição Roraima.

Além dessas, a empresa detém metade do capital da Itaipu Binacional e participação em 179 Sociedades de Propósitos Específicos (SPE's). Participa minoritariamente ainda em 26 sociedades privadas.

Geração da energia elétrica

A energia elétrica é produzida pela força das turbinas. Dependendo do meio como suas pás são  temos diversas formas de gerar energia elétrica. No Brasil são os rios os grandes responsáveis pela maior parte da energia elétrica gerada, por meio das hidrelétricas. Depois deles, é o urânio o responsável pela geração de nossa energia através das usinas termonucleares (Angras I e II). O restante é gerado a partir da energia termelétrica em que a água é aquecida pelo carvão, gás natural ou óleo diesel. Por fim, temos a energia eólica, isto é, produzida pela força dos ventos. Em 2016 a produção líquida de energia atingiu a 150.034 GW (GigaWatts), assim distribuídos: Hídrica (83,89%), Urânio (10,57%), Óleo (1,41%), Carvão (1,52%), Gás Natural (2,30%), Eólica (0,30%) e Solar (próximo de 0%). Parte do grupo Eletrobrás participa da produção de energia elétrica como a Eletronorte, A Chesf, Furnas, Eletrosul, Eletronuclear e Itaipu Binacional, dentre outras. Vide figura a seguir:



Transmissão da energia elétrica

Após gerada, a energia elétrica tem de ser transmitida. Aqui, outras empresas (algumas empresas que geram energia elétrica também participam do processo de transmissão) fazem esse trabalho. Na transmissão de energia elétrica ela é levada de um lugar para outro, a fim de ser consumida. Aqui entram as grandes linhas de transmissão uma vez que, para chegar ao seu destino, as linhas precisam percorrer grandes distâncias. Para fazer isso é preciso elevar a tensão da energia produzida. Fazendo uma comparação grotesca, isso equivale a elevar a pressão da água dentro de um tubo para fazê-la chegar até uma determinada localidade. No caso da energia elétrica, os elétrons começam a correr mais rapidamente de "um lugar para outro dentro da linha de transmissão". Isso garantirá que a energia tenha força suficiente para alcançar o seu destino. No final de todo esse processo, existem as subestações, que são responsáveis pela redução da tensão. Participam do processo a Eletronorte, Furnas, Chesf e Eletrosul. A figura a seguir retrata as linhas de transmissão. Provavelmente você já viu algumas delas quando trafega por rodovias:



Distribuição da energia elétrica

Chegada ao seu destino, a energia elétrica está pronta pra ser utilizada pelos consumidores (residências, comércio e governo). Aqui concorrem outras empresas, tais como, a Eletrobrás Distribuição Acre, Eletrobrás Distribuição Alagoas, Eletrobrás Distribuição Piauí, Eletrobrás Distribuição Rondônia, Eletrobrás Distribuição Roraima e Eletrobrás Distribuição Amazonas. A figura a seguir traz um exemplo de linhas de distribuição, que também é muito conhecida por você. Elas saem das subestações formando um grande emaranhado de fios, postes, transformadores e demais componentes:


Quando pagamos nossa conta de energia elétrica não pagamos apenas o consumo dela, isto é, a parte gerada, mas também o custo com sua transmissão e distribuição, conforme podemos visualizar na conta a seguir: